2 de fevereiro de 2013

Tulipa Ruiz


A menina com nome de flor.

Nem tudo o que ouço gosto de cara, Tulipa Ruiz foi uma. Na primeira música que ouvi, Efêmera, não tive aquele estalo que me faz gostar de bandas e cantores novos pra mim. Acho que não entendi Tulipa de primeira. Efêmera é a música que dá título ao primeiro álbum, de 2010. Foi preciso dois anos, foi preciso eu ouvir o segundo álbum, intitulado Tudo Tanto, de 2012, e através da música É foi que pude entender Tulipa e mergulhar de vez nas suas músicas, todas. Deve ser por isso que gosto mais do Tudo Tanto do que do primeiro álbum.

Tulipa é de Santos, cresceu em Minas, tem pai músico e seu irmão foi quem produziu seu segundo disco (os dois também fazem parte da banda que a acompanha nos shows). Moça talentosa, é também ilustradora (dá uma olhada no ateliê dela). Começou cedo na música, teve aulas de canto lírico, mas tudo sempre foi um hobby pra ela até o primeiro convite pra um show. Gravou dois discos que contam com participações valiosas da música brasileira, fez shows fora do país, teve música em trilha sonora de novela e ganhou prêmios e indicações. Seu primeiro álbum conquistou inclusive a crítica internacional. E em julho do ano passado lançou seu segundo álbum pelo Natura Musical (se quiser saber um pouco mais sobre esse álbum recomendo este artigo do blog Miojo Indie).


Poesia nas letras, guitarras e um vocal forte. Com certeza o que me conquistou, além da voz linda e das guitarras, foram as composições da Tulipa. Algumas ela divide com o pai e o irmão, mas sempre me identifico com todas. São coisas como "Só sei dançar com você, isso é o que o amor faz...""Dez mil coisas por segundo, pelos dias que a gente aprendeu, dez milhões de coisas que a gente é...""Algum jeito leve você vai ter que dar... Sair pra algum canto, levar na brincadeira. Se enfia no mato, na cama, na geladeira. Ter algum motivo para se convencer...", "Melhorou o jeito que a gente conversa, que a gente discute, coisa e tal, mas posso ter ainda algum motivo para querer cair no vendaval...". Na sua participação no programa Som Brasil, ela interpretou a música Com mais de 30, do Marcos Valle e, ele que me perdoe, mas nunca viciaria na versão original da música como viciei na versão de Tulipa Ruiz.

Momentos ao vivo:  rock!, com o lindo do Marcelo Jeneci e jogando pó de pirlimpimpim... brincadeirinha!

Momento diva


Uma coisa que acho legal é ela usar os talentos de ilustradora pra divulgar programas de tv em que vai aparecer ou shows que vai fazer, em fotos como essas que vocês podem ver acima e que ela posta no Facebook.

Momento Diva 2

Acho linda a capa desse disco e prefiro muito mais essa fase cílios extravagantes dela!

Pra quem quiser conhecer, deixo o vídeo da minha música e videoclipe preferidos dela:


As imagens utilizadas nesse post foram retiradas do Site da Tulipa e Facebook dela.
Dá pra ouvir e fazer download de graça dos dois álbuns da Tulipa também no site, é só clicar na aba "discos".

O que acharam desse post musical?
Alguém já conhecia ou já é fã da Tulipa? Quem só conheceu agora?

Obrigada por estar aqui e até a próxima! 
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

10 comentários:

  1. Olá querida, já estou seguindo seu blog, que é muito charmoso viu?


    Convido você e suas leitoras a conhecer o meu:

    http://toobege.blogspot.com.br/


    Beijinhos e tenha uma ótima semana!

    ResponderExcluir
  2. A primeira música que eu ouvi da Tulipa foi A Ordem Das Árvores. Adorei a música diferente e fui procurar por outras, e então acabei me apaixonando pelas músicas da moça! :-)

    ResponderExcluir
  3. Amo de paixão a Tulipa, as músicas dela me trás calma haha! Amei a matéria =)

    ResponderExcluir
  4. Tenho o ultimo cd, e realmente é para quem gosta, mas ela arrasa e vamos combinar que esses cílios dela então!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ela arrasa muuuito!!! Queria cílios iguais aos dela, mas ainda não achei!!! hahaha

      Excluir

Show your love, leave a comment! ♥